> Todas as Noticias > Noticia


Consciência Negra


compartilhar no facebook

 

Será realizada hoje à noite, no Plenário da Câmara Municipal de Garanhuns, a partir das 19H00,  sessão solene em homenagem ao dia da Consciência Negra. Na oportunidade várias autoridades serão homenageadas com comendas outorgadas pelo Poder Legislativo Municipal.

Dia Nacional da Consciência Negra é celebrado, no Brasil, em 20 de novembro. Foi criado em 2003 como efeméride incluída no calendário escolar — até ser oficialmente instituído em âmbito nacional mediante a lei nº 12.519, de 10 de novembro de 2011, sendo feriado em cerca de mil cidades em todo o país e nos estados de AlagoasAmazonasAmapáMato Grosso e Rio de Janeiro através de decretos estaduais. Em estados que não aderiram à lei a responsabilidade é de cada câmara de vereadores, que decide se haverá o feriado no município.

A ocasião é dedicada à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira. A data foi escolhida por coincidir com o dia atribuído à morte de Zumbi dos Palmares, em 1695, um dos maiores líderes negros do Brasil que lutou pela libertação do povo contra o sistema escravista. O Dia da Consciência Negra é considerado importante no reconhecimento dos descendentes africanos e da construção da sociedade brasileira. A data, dentre outras coisas, suscita questões sobre racismodiscriminaçãoigualdade social, inclusão de negros na sociedade e a cultura afro-brasileira, assim como a promoção de fóruns, debates e outras atividades que valorizam a cultura africana.

Origem da Consciência Negra

O idealizador do Dia Nacional da Consciência Negra foi o poeta, professor e pesquisador gaúcho Oliveira Silveira. Em 1971, ano de fundação do Grupo Palmares, que reunia militantes e pesquisadores da cultura negra brasileira, o gaúcho propôs a criação de uma data que comemorasse a tomada de consciência da comunidade negra sobre seu valor e sua contribuição ao país.

O dia 20 de novembro foi escolhido pelo grupo justamente por lembrar e homenagear o líder do Quilombo dos Palmares, Zumbi, assassinado nesse dia pelas tropas coloniais brasileiras, em 1695.

Significado da Consciência Negra

O Dia Nacional da Consciência Negra lembra a morte do líder Zumbi dos Palmares, que lutou pela libertação dos negros escravizados durante o período colonial no Brasil. A data é uma forma de homenagear o líder na época dos quilombos, fortalecendo mitos e referências históricas da cultura e trajetória negra no país.

A data também é utilizada para refletir sobre o relevo da cultura e do povo africano, bem como a sua importante influência na cultura brasileira. Várias cidades do país decretam feriado no dia e realizam uma série de eventos, como fóruns, debates e programações culturais.

O Dia da Consciência Negra também é considerado como uma ação afirmativa de promoção da igualdade racial e uma referência para a população afrodescendente dedicada à reflexão sobre as consequências do racismo. Assim sendo, a data tem uma orientação comemorativa, mas também está voltada à afirmação da consciência política, da pertença étnico racial e da reivindicação dos direitos da população afro-brasileira.

Considera-se que a assinatura da Lei Áurea não trouxe a verdadeira libertação, uma vez que foram construídas outras formas de opressão e negação do direito à cidadania aos negros. Neste contexto, a celebração da memória de Zumbi dos Palmares no dia 20 de novembro também teria como objetivo lembrar que a abolição foi um processo inconcluso e só seria completo pela participação do movimento negro